segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A vez de Videla


O ex-ditador argentino Jorge Videla entrou na mira da Justiça alemã. Nesta segunda-feira, 25, foi decretada a prisão do militar sob a acusação de assassinato do estudante alemão Rolf Stawowiok, em 1978, durante a ditadura militar platina.

Segundo matéria publicada no portal Uol, a justiça germânica tem provas de que o jovem foi vítima de fuzilamento pelas mãos dos militares argentinos.

Hoje com 84 anos, o ex-general Jorge Videla, pode finalmente pagar pelos crimes capitais cometidos enquanto governava com mãos de ferro a Argentina.
Veremos os desdobramentos...

Um comentário:

  1. O bom é que, como sempre, a justiça é ráaaapiiiidaaaa!!!!

    Beijo

    ResponderExcluir